A história sem fim, Michael Ende

A história sem fim | Michael Ende |Editora Martins  Fontes |392pgs |Alemanha 🇩🇪


Se você esta na casa dos 20 e poucos quase 30, ou pra lá dos 30 anos. Provavelmente você ja deve ter assistido esse filme na sessão da tarde.
Se não, então esta na hora de conhecer essa história que marcou minha infância.

Bastian é um garoto que ama ler,  busca na leitura refúgio de tudo que o deixa triste (a mãe que morreu quando era pequeno, provas de matemática, o pai que não o compreende e que vive falando para ele parar imaginar coisas e acordar para realidade. Um dia, a caminho da escola, Bastian encontra os garotos que o atormentam, na fuga ele entra em uma livraria para se esconder e logo é expulso pelo dono que diz que crianças não são bem vindas. O velho rabugento esta lendo um livro que  chama muito atenção de Bastian, e ele pergunta do que se trata. O velho diz que é um livro muito perigoso e que crianças não deve chegar perto dele, e isso desperta a curiosidade de Bastian, que pega o livro emprestado (sem permissão), enquanto o velho atende o telefone, e deixa um bilhete avisando q logo devolvera.

Quando bastian chega na escola atrasado e vê que a turma esta fazendo a prova, ele resolve não entrar na sala e se esconde no sotão da escola, e ai começa a ler o livro emprestado.

O livro conta a história de um lugar mágico chamado Fantasia. Nesse lugar existe uma imperatriz que esta muito doente, e quanto mais doente e mais fraca ela fica, mais rápido Fantasia é devorado pelo terrível “nada”.
Para que Fantasia não desapareça por completo, os habitantes se reúnem e discutem sobre uma profecia, onde o jovem Atreyu precisa descobrir a cura da doença da imperatriz, e salvar Fantasia.

No decorrer da leitura, Bastian percebe que tem algo muito estranho com livro, como se os personagens pudessem ouvir as coisas que acontecem fora do livro, por exemplo, tem uma cena que Atreyu sai em busca da cura da doença da imperatriz e encontra uma tartaruga gigante medooonha, ele se assusta e grita, Bastian grita junto e Atreyu ouve.

O livro é escrito em duas cores, em marrom é a vida real e em verde a parte da fantasia

A conexão do real com o irreal é incrível nesse livro. O fato do Bastian conseguir ser ouvido pelos personagens … Enfiiiiiim.

Não vou me aprofundar mais da história por alguns motivos, o primeiro é porque se alguém aqui não conhece, quero muito que conheça e se eu falar mais vou acabar estragando. Se por acaso você já assistiu ao filme, não se assuste quando ver que a história do filme acabou na metade do livro , caso não saiba o filme na verdade é uma trilogia, o livro que eu saiba, é só esse mesmo.

Essa edição que eu tenho, é a coisa mais linda. Ela é em duas cores, verde para a história de fantasia e marron para a história na vida real. Os capítulos são divididos de A a Z e todas com ilustração.

Ilustração do capítulo N

Agora vamos para algumas curiosidades.

Você sabia que Steven Spielperg é o dono do Auryn original utilizado nas filmagens?Ele fica guardado na sala do cieneastra protegido por uma redoma de vidro .

  E se seu sonhos sempre foi montar no Falcor, dragão branco que parece um cachorro. É só ir no set na Baviera Studios na Alemanha e ver com seus próprios olhos a criatura motorizada de 43 metros . 😲

Fica aí minha dica de leitura pra você que gosta de uma boa história de fantasia .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s