A elegância do ouriço (Muriel Barbery)

A elegância do ouriço | Muriel Barbery| companhia das letras| 352 pags | França 🇫🇷

Nota: 5⭐+ 🖤

A princípio eu juro que não estava empolgada para essa leitura,

Ano passado, o Rodrigo disse que como janeiro era vez dele escolher um livro para nosso clube, iria escolher uma leitura leve para começar bem o ano. Juro que fiquei muito feliz e ansiosa pela escolha dele, mas quando disse que o livro seria a elegância do ouriço, eu fiquei pensando, ah sério? não parece que vai ser uma leitura tão leve assim. Agora pergunta se eu li a sinopse antes de pensar isso? não, eu julguei pela capa, pq a capa desse livro parece ser de uma historia séria e pesada.

Mas se eu comecei a leitura sem grandes expectativas, juro q lá pelos 30% de leitura eu já estava completamente apaixonada e terminei o livro em prantos, com coração na mão e uma ferida que não vai cicatrizar tão cedo. Esse livro é simplesmente lindo, já favoritei e está nos melhores de 2020 (sim, a lista dos melhores do ano tá começando cedo, 2020 promete!!!)

Quando me angustio, vou para o refúgio. Nenhuma necessidade de viajar; ir juntar-me às esferas de minha memória literária é suficiente. Pois existe distração mais nobre, existe mais distraída companhia, existe mais delicioso transe do que a literatura?

Nesse livro vamos conhecer a vida  no edifício 7 da rue de grenelle, em Paris, onde moram duas personagens maravilhosas, ambas muito inteligentes mas que fingem não ser para não chamar a atenção e não ser incomodadas, uma delas é Renée, a concierge de 56anos e a outra é Paloma, moradora do prédio. A Paloma escreve um diário dividido em  duas partes, uma é sobre o movimento do mundo, onde ela fala sobre algumas coisas que viu e fez ela tirar alguns pensamentos interessantes e o diário dos pensamentos profundos, onde ela anota todos os pensamentos profundos que ela teve, eu adoro os capítulos dela pq sempre dá pra tirar várias boas reflexões . Logo no início ela revela que vai cometer suicídio do dia do seu aniversário de 13 anos e vai tacar fogo no prédio.

Mas entendi muito cedo que uma vida se passa num tempinho à-toa, olhando para os adultos ao meu redor, tão apressados, tão estressados por causa do prazo de vencimento, tão ávidos de agora para não pensarem no amanhã… Mas, se tememos o amanhã, é porque não sabemos construir o presente e, quando não sabemos construir o presente, contamos que amanhã saberemos e nos ferramos, porque amanhã acaba sempre por se tornar hoje, não é mesmo?

A história é contada a partir do ponto de vista das duas, e por mais que elas sejam parecidas, só vão ser amigas depois de algumas páginas com a  entrada de um novo morador no prédio, e é depois da entrada desse novo morador que a história começa a desenrolar,  ficar mais interessante e viciante.
Tanto a Renée qndo a Paloma são personagens bem engraçadas, então o livro acaba ficando muito divertido.

O fim desse livro é arrasador, eu chorei muuuuuuuuito. Não foi como imaginei e nem como queria mas tinha que ser assim, pq só assim o final ficaria perfeito.

Esse ctz vai estar na lista dos melhores livros de 2020. Recomendo  para todo mundo, livro fortemente favoritado .
Começando o ano com tudo.

A Arte é a vida, mas num outro ritmo.

Um comentário em “A elegância do ouriço (Muriel Barbery)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s